Namoro penas

11/jun/2020 - Explore a pasta '5 anos de namoro' de Isabela Santos Lima no Pinterest. Veja mais ideias sobre Dia dos namorados, Presentes, Surpresas para namorado. 1. O que é a violência no namoro. 2. Como podes saber se estás a viver uma relação de namoro violenta. 3. Mitos e realidades. 4. Quais as diferenças entre relações saudáveis e relações violentas. 5. Quais as consequências de uma relação violenta. 6. Porque é que @s jovens mantêm uma relação de namoro violenta. 7. PDF On May 1, 2015, Ana Guerreiro and others published Intimidade e violência no namoro: refletir a problemática nos/as jovens Find, read and cite all the research you need on ResearchGate Dos 1800 jovens universitários questionados, mais de metade afirma ter sido vítima de violência no namoro e 37% confirma ter agredido o/a parceiro/a em algum momento da relação. Um quinto das raparigas foram controladas pela imagem física ou pelos lugares que frequentam, e 8% obrigadas a ter comportamentos sexuais não desejados. Por exemplo, dê uma olhada rápida nas penas na foto acima. A pena que se destacou para você instantaneamente é a sua escolha, não a que você notou depois de pensar muito sobre isso. Então, olhe a foto e decida em um instante qual você mais gosta; não importa o porquê! Isto é o que sua escolha significa: Mensagem De Namoro Ideias De Tatuagens Tatuagens De Penas Tatuagens De Rosas Tatuagens De Flores Tatuagens De Arte Corporal Tatuagens Tribais Arte Da Tatuagem Letras Cursivas. Roses and filigree swirls on Natasha's back -by @luke_silver_tattoo #valleyink #filigree #swirls #roses #tattoo. Ciúmes possessivos, perturbações psicológicas, uso de álcool e drogas e etc. Crenças e atitudes Traumas do passado Poder e controlo sobre a vítima Desconfianças e inseguranças na relação causas da violência no namoro Necessidade de respresentar um papel na sociedade, no caso do Como prever a violência no namoro, sinais, consequências e causas da violência no namoro. Veja também a a sua definição e como é na fase da adolescência. Ou então namoro. Ah, o amor… Bem, sou obrigado a reconhecer que esse é um caso diferente. Pois é uma categoria à parte, devido a, de fato, ser um tema importantíssimo. Não é irrelevante. E é vital, tendo em vista que o amor é o amálgama de uma família que tem Cristo como alicerce e o namoro é o primeiro passo da construção de um ... Resultados: Os principais fatores associados à violência no namoro identificados são: a idade, com maior prevalência aos 16,22 anos, onde os rapazes admitem exercer mais comportamentos ...

O relacionamento falso

2020.09.20 17:35 PessoaComInsonia O relacionamento falso

Olá luba,turma,editores,gatas e espíritos na casa do luba
(Como essa história aconteceu com minha amiga e o post dela estava sendo excluído, eu vou contar na visão dela)
Quero que julguem quem foi babaca nessa história
Bem tudo começou com uma menina que chamarei de p1 (pessoa um) que entrou no meu canal pequeno e comentou,como era um canal pequeno o meu fui ver o dela também é vi que ela tinha criado um grupo no zipzop e deixado o link então eu entrei,nesse grupo tinham 3 pessoas que eu conversava a p1 a p2 e a p3 E vi que a p1 era muito irritante de vdd mas continuei a falar com ela por pena,e a p2 e a p3 eram legais,então dois dias depois de nos conhecermos a p2 me pede em namoro (Eu sou menor de idade tenho menos de 12 anos mas ela tinha também) então eu não sabia oq falar,só aceitei (por pena) """""""ficamos"""""""" por umas 2 semanas e eu simplesmente bloqueio ela e saio do grupo,um tempo depois a p3 me pede em namoro (Ela tinha 14 anos e eu sou menor de 12) então na mesma situação aceito por pena """""ficamos""""" por uns 2 meses e depois só falo "oi quero """"teRmiNaR""" e ela ficou muito triste mas ok DOIS DIAS DEPOIS A P1 ME PEDE EM NAMORO eu não sabendo oq falar nem gostando muito dela como amiga falo sim,"""ficamos""" por dois dias Então conhecemos a p4 que também não era tão legal,depois a p4 me pede em namoro falo sim dnv terminamos depois de 1 semana então a p1 quer voltar eu falo sim,terminamos umas 5 vezes e ela sempre pedia em namoro dnv e eu aceitava,depois da sexta vez cansada eu falo q não estou pronta para relacionamentos e elas ficam putas cmg falando que eu feri os sentimentos de todo mundo e que eu sou muito egoísta e um monstro
Então quem foi babaca,eu por fingir ou elas por me chingarem quando eu falei que não estava pronta para um relacionamento?
Deculpa pelos erros de escrita
Menor que treix
(Ps: repost porque eu apagay sem querer)
submitted by PessoaComInsonia to TurmaFeira [link] [comments]


2020.09.18 02:24 iunimiare Vale a pena continuar?

Desde junho eu venho pensando em me matar, eu tô tentando fazer de td pra evitar esse pensamento mas cada dia ele fica mais e mais forte, e eu n sei se vale mais a pena continuar lutando contra ele
Eu n tenho nenhum amigo, n namoro ou tenho interesse em alguém, eu gosto de desenhar mas ultimamente nem isso tá prendendo mais minha atenção, eu n consigo me concentrar em absolutamente nd q eu faço e n me sinto mais feliz
submitted by iunimiare to desabafos [link] [comments]


2020.09.15 03:47 Initial_Name85703 estou travando uma batalha interna cmg mesmo,

hi, tenho 17 anos e sinceramente eu não tenho mais forças pra continuar desse jeito.
meu teclado está horrivel mas tá ficando entalado e ...
desde cedo eu sempre fui uma criança muito tímida e em mais sensivel que as outras crianças, nunca fui de ter muitos amigos e eu realmente invejava todos que tinham muitos amigos, até amigos próximos q tinham muitos amigos antes de completar 14 anos minha mãe descobriu um cancer de mama, e pra ser bem sincero a vida vai desgastando com todo mundo, eu hj estou sem forças pra ajudar mimnha mãe, sou muito,muito apegado a ela mas eu senti muita saudade do que eu não vivi na minnha infancia, vontade de jogar bola. ter muitos amigos, sair pra beber cokm meus outros amigos adolescentes e com 15 anos eu arranje uma namorada que foi e [é bastante apoiada pelos meus pais (meu pai teve uma familia antes de nós e o filho mais velho dele é gay, isso sempre fragilizou o meu pai, apesar dele amar bastante ele) então era bastante incrivel, perdi minha virgindade com ela e vie e versa, mas na virada do ano de 2019 eu descobri q ela tinha me traido com outra pessoa, no desespero pra não ficar sozinho e voltar a ser eu mesmo, eu perdoiei, passando uns meses eu descobri outra, e outra, e outra que eu confirmei só recentemente, já trai ela, dps q eu descobri isso mas isso relamente não é pra mim,k enfim.
ela passava ferias inteiras cmg em casa e pela saude debilitada da minnha mãe ela sempre cuidou dela, bem mais que de mmim, no inicio de 2020 na virada do ano ela simplismente surtou e me fez passar um mico na frente dos meus familiares e eu passei por isso.
enfim, no inicio da quarentenaq ela veio passsar a quarentena cmg e foi muio bom, mas começou a ficar insuportavel a pessoa dela cmg, em uma noite nós estavamos conversando a luz das elestreas e ela perguntou sobre "se eu tinha vontade de fazer sexo a 3" disse que tinha curiosidade e tal mas foi isso,então ela passou semanas tentando convencer alguem a fazer isso conosco( ela é assumidamente bi) nunca liguei anto apesar da curiosidade, enfim cheou o dia 11 de julho era aniversario do meu avô em outra cidade e no´s fomos, chegando lá eu comecei a beber com os meus amigos e princicpalemnte o meu irmão, mas em um momento minha prima me chamou pra passsar batom nela pra nós irmos sozinhs pro quarto.
bom nesse ponto eu preciso voltar alguns anos pra contextualizar, eu namorava uma garota e ela era de outra cidade meu pai trabalhava fora então ele traza ela sempre q pode, não era um namoro assumido e era bem estranho mas nós estavams, mas minha namorada era muito próxima da minha prima, muito mesmo então eventualmente eu descobri q elas estavam ficando :)
ela namorava o primo da minha namorada ( game of thrones ) e um dia ela sumiu, e eu descobri q ela tinha traido o meu primo com outro cara, então eu me fiquei muito ruim, contei pro meu melhor amigo na epóca e ele espalhou a conversa, mas o namorado dela nunca soube
voltando, enquanto caminhava eu olhei pra tras e vi minha namorada vindo atrás de nós, soube, eu já imaginava oq ela queria, entrei no quarto e minha prma ficou de olhos fechados sentada eu olhei pra trás e ela estava no quarto me encarando quase me pedindo, então eu dei um beijo na minha prima, ela olhou pra minha namorada e elas comecaram a se agarrar na minha frente, minha namorada não disse nada mas minha prima dizia coisas como "tua boca e tão macia" "voces parecem sex education"e ela esfregava minha namorada então minha namorada diz "enfia.."eu exitei por um momento e ea pediu denovo e eu fiz, minha prima pediu pra parar e nós paramos, nos despedimos dali mas eu fui atras dela pra pedir desculpas e ela me ignorou e minha namorava pouco se importava, ela ficou com nó por um tempo e depois foi embora, no outro dia e fui na casa dela fazer outras cosas e eu aproveitei pra conversar melhor e ela disse q era melhor nós deixarmos esse assunto pra lá, viemos embora e na segunda feira eu encontro no twter dela ela dizendo q tinha sido estuprada por nós ,conou q tinha sido a força,etc...
poucos minutos dps minha mãe já sabia e enfim apartir dali meu mundo mudou, eu queria me defenderm mas eu não podia de jeito nenhum, ninguem me escutava, mnha mãe ligou pra cpnversar com ela pra saber de todo ocorrido mas eu não tava em casa tinha saido pra jogar volei, e o dia se passou, no outro dia meu pai levou minha namorada embora e eu fiquei só, minha mãe conversou com a minha prima por ligação e wwp,e no whatsapp ela escreveu" tia eu só fiz isso pq na epóca da #### eu estava me envolvendo com uma pessoa e ele simplismente contou pra todo mundo então eu queria q elesenisse como eu me senti" no tiwtter pouco tempo dps ela já estava debochado da situação "nâo vou denunciar #### mas eu vou destruir a vida social dele igual ele fez cmg :)" na verdade eram bem mas emojis de shitpost, e pra qualquer pessoa q se interessase ela contava a historia de debochava da situação, pouto tempo dps ela percebeu q tava falando algumas coisas dms e ela excluiu as postagens mas já havia se passado alguns dias e eu já tinha printado muitas coisas,minha famiia se duvidiu mas n durou muito lgo todo mundo estava do lado dela e com razão, não sou mais do tipo de ser merecedor de pena, ela disse q não queria mais falar do assunto e etc... passado um mes desde q eu tinha sido'CANCELADO" ela contou pra uma pessoa muito importante pra mim e eu publiquei o maximo q eu pud no meu tt tentando me defender, mas a essa altura eu já falava com umas 3 pessoas, ele ficaram irritados pq eu ainda falava daquele assunto e desde então tem sido ainda mais dificil sem eles, a mãe dela é umapessoa muito extrovertida com o resto da familia do tio q paga grades e grades de cerveja, enquanto nós somos bem mais reservados então naturalmente ele ficaram do lado dela,por causa do tratamento e traumas passados mamae tem depressão e por causa de tudo issso a depressão dela agravou e e la tentou e matar, mas nós somos mais reservados, soubemos puco tempo dps q ela tbm tinha tentado de se matar mas esssa n foi a °1 vez q ela tentou ela já disse no tt q já havia tentado se matar 60 vezes, e eu sei oq é querer morrer, desistir de tudo, se eu tentar me matar vai ser só a 1° tentativa e só mas ninguem se importaria ninguem quer ewscutar a minha versão e eu fico muito triste pq ninguem, ninguem sente falta de mm, me deixa arrasado pq quqando eu conto parece q isso é culpa da minha namorada mas eu sinto tanta falta dela, me deixca triste pq não é a 1° vez q ela difama alguem aleatoriamente, ela diz que odeia o cunhado dela por ser toxico,mas, toxico pq? não tem explicação o cara não sai nem do meo do mato, me sinto trise pq eu acho q tenho depressão mas eu acho tbm q seria desulmilde da minha parte achar isso assim, tbm repudio completamente assedio abuso estupro, tudo, tusdo issso e jogam um fardo desses ma minha costa, eu sinceramente não me matei pq é a minha mãe quem precisa de mim, eu simplismente odeio odeio odeio ela, e sinto muito se ela tiver depresssão mas eu não me importo mais , ela fez tudo isso e esperou o momento pra acabr cmg e ela conseguiu e ninguem vai querer simplismente abraçar minha causa, tbmme sinto horrivel pq parece que eu s´penso em im, mas toda vez q eu lembro disso me dá um peso mo meu peito. desculpa mãe mas eu não fiz isso.
submitted by Initial_Name85703 to desabafos [link] [comments]


2020.09.12 06:53 HourEstablishment4 Liberdade sobre viajar

Nunca botei muita fé em namoros, sempre faço algo para que eles acabem, ou viro insuportável, porém da última acredito que foi uma atitude um pouco exagerada só depois percebi que gostava da pessoa, mas acredito que o término serviu de lição.
Porém eu não me sinto "livre" e "viva" quando estou em um relacionamento. Gosto dessa coisa de não ter raízes, de não pertencer a nenhum lugar e nem a ninguém que apenas as viagens me proporcionam. Não vou negar que as vezes no final da noite eu possa me sentir um pouco solitária, porém enxergo a maioria dos relacionamentos como algo tão fútil, acredito que algo assim não se encaixa na minha vida.
Sem falar que já perdi o brilho nos olhos em relação ao "amor", hoje em dia sou mais racional do que sentimental e independente.
E uma das coisas que me ajudou com a depressão é essa coisa de sair e viajar, e cada vez mais fui perdendo o medo de descobrir o que tem do outro lado, ou seja, no meu destino, pois confio em mim, e sei que sempre terá um chão para eu pisar. E isso de certa forma me proporciona muita segurança, e um sentimento muito bom, de que a vida realmente vale a pena.
Porém ter ou me engajar em um relacionamento com alguém parece muito fútil e desnecessário.
Estou sendo egoísta? Ou talvez me fechando a oportunidades? Alguém já passou por isso, ou tem esse sentimento?

Agredecida!
submitted by HourEstablishment4 to desabafos [link] [comments]


2020.09.12 01:27 sheisice Crise existencial? Qual o sentido da vida?

Estou a escrever este desabafo novamente porque ontem o apaguei sem querer. Há uns dois dias sai com duas amigas minhas e antes que digam que não respeitei a quarentena, moro em Portugal, onde a quarentena acabou há meses. Continuando...
A maioria dos meus amigos já trabalha ou estuda na faculdade enquanto que eu, por ter 'acabado' a escola mais tarde, não faço nem um nem outro. Pretendo começar a trabalhar ainda este ano mas esse não é o tema deste desabafo. É frustrante para mim saber que não posso compartilhar experiências parecidas com as dos meus amigos pois parece que estamos em fases diferentes de vida mesmo com a mesma idade. Sei que este ano não vou poder entrar na faculdade e que provavelmente no próximo ano será a mesma coisa mas mesmo que entrasse, acho que a faculdade já não teria o mesmo significado para mim como antes. E sim, eu sei que a vida não se resume em fazer um curso, trabalhar para construir uma família, apesar da nossa sociedade ver isso como o básico para uma pessoa ser minimamente feliz.
Então quando saí com as minhas amigas, o que deveria ser um encontro alegre tornou-se sufocante.
Elas as duas estudam o mesmo curso mas em faculdades diferentes, ambas acabaram o primeiro ano e claro que ficaram muito entusiasmadas em compartilhar isso comigo. Eu fiquei feliz por elas. No entanto, 90% da conversa que tivemos foi sobre o curso delas(não estou a brincar quando digo isso) e foi ai que comecei a desejar voltar para casa. Não queria sentir inveja ou algo do tipo mas também não queria ficar aquele tempo todo a falar só de faculdade quando elas mesmas estavam de férias! Eu pedi para falarmos de outros temas além do curso delas e elas concordaram. Falamos um pouco sobre o que cada uma fez durante estes meses e claro que elas tinham novidades para contar (namoro, passeios, a vida dos nossos amigos, etc) enquanto que eu não tinha nada de emocionante para contar pois passei praticamente estes meses em casa, mesmo quando a quarentena acabou aqui em Portugal.
A conversa continuou e uma das minhas amigas que tem o costume de interromper a conversa para falar dela mesma, não parava de nos interromper. Tivemos até que lhe explicar que ela estava a interromper e ela pediu desculpa. Ela costuma fazer isso mas não o faz com arrogância, apenas fica muito entusiasmada. Todos temos defeitos, né? Então quando essa minha amiga recebeu uma chamada, a minha outra amiga começou a falar comigo e foi ai que eu comecei verdadeiramente a falar, sem frases soltas ou monossílabos. Até a minha amiga comentou isso, que enquanto a outra falava por chamada, eu comecei a falar.
Durante a conversa, comentei sobre ter pensado no verdadeiro sentido da vida pois passei estes meses a me questionar muito sobre isso. E quando elas me perguntaram qual era o sentido da vida para mim eu respondi algo como "O sentido da vida para mim? Acho que é sobreviver!". A frase soou deprimente pois as repostas delas em relação à pergunta foram muito mais interessantes e cheias de sonhos como "acabar a faculdade ou marcar a diferença ajudando alguém e bla bla". E mais uma vez senti-me uma idiota.
Elas voltaram a puxar o assunto faculdade, começaram a falar sobre as matérias do curso que eu não entendia nada mas sorria e fingia adorar ouvir tudo. Elas se aperceberam que estavam a falar demais sobre isso e pediram-me desculpas mas sempre voltavam para o mesmo. Algumas vezes ainda tentavam que eu falasse sobre outras coisas mas eu não tinha nada de interessante para dizer. Comecei a desejar que o dia acabasse logo e felizmente uma delas disse que tinha que ir para casa e eu aproveitei para também sair dali.
Quando cheguei a casa chorei. Sentia-me uma falhada e vazia por dentro. Percebi que a minha vida está parada, fechada numa bolha, porque eu não faço nada para mudar isso, simplesmente fico no conformismo. Quero emoção, algo novo na minha vida mas estou cansada de viver. Quero pessoas verdadeiramente interessadas em me conhecer profundamente pois sinto que a maioria que me cerca não quer saber de mim de verdade, talvez me achem muito burra ou apenas apagada...Mas como posso querer que me conheçam profundamente quando nem eu faço esse esforço por mim mesma? Será que devo mesmo me esforçar mesmo sabendo que não valerá mais a pena pois vou morrer um dia?
E não, não me vou suicidar. Apenas estou cansada. Sinto que a vida não tem significado. Fazer x cursos, ser dono de uma empresa ou construir uma família. Tudo isso um dia vai acabar quando a morte chegar e eu só quero que ela chegue. Sei que estou numa crise existencial a encaminhar para uma depressão. Sei também que este texto ridículo não me vai levar a lado nenhum mas estou cansada. Só quero perceber o sentido de colocar vida na terra para depois sofrermos. Pessoas vivem com a dor e falta de itens básicos na vida enquanto que eu, com os pais vivos, um teto e amigos, sinto-me vazia, estranha...
Qual seria o sentido da vida se não sobreviver? Os últimos meses foram intensos para todos nós e isso só me fez ver que não tem necessidade nenhuma estarmos vivos. As pessoas sofrem, uns mais que outras. É inevitável. Estou cansada de ver tanto sofrimento para depois saber que vamos todos morrer.
O mais engraçado nisto tudo é que eu faço parte daquele grupinho de pessoas que acredita em vidas passadas (sim, não me julguem). Então, sendo eu uma pessoa que acredita no reencarne e desencarne, devia saber que a vida apesar de efêmera, terá continuidade noutra vida e que não estamos aqui nesta vida por acaso. Só que ultimamente esse pensamento criou-me mais incertezas do que certezas. Porque se de facto vidas passadas existem, eu não quero reencarnar novamente. A vida já é tão exaustiva para reencarnar novamente...
É isso. Eu não quero tirar a minha vida, apenas quero que a vida me tire dela.
Enfim, obrigada se chegaram até aqui. Peço desculpas pelo desabafo cheio de contradições e erros ortográficos. Se quiserem dizer algo, fiquem à vontade!
submitted by sheisice to desabafos [link] [comments]


2020.08.31 05:18 _powerguido_ Senta que lá vem história

Ficamos juntos por 5 anos. E não foram 5 anos fáceis - minha ex namorada teve problemas que eu não sabia como ajudar. Ela era literalmente stalkeada por um ex colega de classe que simplesmente se apaixonou por ela e passou mais de dois anos perseguindo ela no trabalho, no mestrado, na academia. Chegou a conspirar com colegas da faculdade pra saber onde ela estava, quem eram as pessoas próximas dela. Tentou rapta-la, mais de uma vez. Subornou familiares para ficarem do lado dele. Pra ela, ele era só um cara que não sabia expressar os sentimentos bem. Se ele parou? Não. Mas reduziu a agressividade consideravelmente e hoje em dia se limita à "só" mandar um buquê de rosas no aniversário dela.
O cara já estava tão enraizado na vida dela antes de eu aparecer, que eu simplesmente não consegui convencer nem mesmo a minha ex de que ele era um cara realmente transtornado. O terror que era esse cara na vida dela só serviu pra agravar ainda mais o caso grave de ansiedade que ela tem. Vocês sabem o que é ver uma crise de ansiedade pela primeira vez, sem nem entender o que estava acontecendo? Mas uma crise grave mesmo, de fazer a pessoa chorar por duas horas sem parar, de ficar arranhando o corpo todo com as unhas e viver com hematomas nos membros do corpo por causa disso. E isso começou a ficar constante... uma hora eram uns arranhados no rosto, depois nas pernas. Até o dia em que eu fui ver ela e os dois antebraços estavam quase em carne viva.
E o pior, é que eu quase nem me lembro mais dessa época. Foi muito intenso e me afetou negativamente por muito tempo. Eu conseguia entender que um babaca machista se via no direito de perseguir uma mulher só porque ela não queria namorar com ele - mas meu deus do céu, eu com certeza não conseguia entender como ela mesma não via o quanto ela precisava de uma ajuda profissional por causa da influência negativa desse cara na vida dela (e por vários outros motivos que não valem nem a pena serem citados). Ela me usava como substituto pra tudo que ela não tinha na vida dela - um pai, um irmão, um psicólogo, um amigo. E eu me deixei levar, porque era ingênuo. Porque era meu primeiro namoro. Porque eu achava que eu podia consertar isso. "Depois das primeiras sessões no psicólogo ela vai perceber que esta fazendo bem pra ela", eu dizia pra mim mesmo. Passamos em tantos psicólogos, psiquiatras, gurus. Fizemos academia juntos, eu praticamente morava com ela e não ficava mais com minha família. Eu achava que eu podia dar um jeito na vida daquela menina.
E sinceramente? Eu podia mesmo. Eu não acho que falei alguma coisa errada pra ela em todo o tempo que estávamos juntos. Mas ela nunca me ouvia. E se ela ouvisse, talvez ela tivesse passado por essas situações com mais facilidade, nosso relacionamento teria tomado outros rumos e nós ainda estaríamos juntos. Mas não estamos, e quem está perdendo com isso é ela, porque ela não me superou com certeza. Ela mesma me fala isso.
Eu não acho que eu era um namorado incrível e maravilhoso. Eu nunca tive um carro pra conseguir dar um rolê com ela. Com meu dinheiro mal dava pra gente ir no cinema uma vez por mês. Mas cara, eu me esforçava tanto, tanto mesmo. Lembro que eu um dos dias dos namorados eu quase varei a noite fazendo uma carta à mão de umas 10 páginas, tinha vários desenhos coloridos, poemas apaixonados e promessas de amor. Ela achou ok. Gostou mais do bicho de pelúcia que eu também dei, que custou 10 reais e que claramente não tinha nenhum valor sentimental pra mim. É muito difícil lidar com um cara que persegue sua namorada, mas acho que é mais difícil quando sua própria namorada não dá valor pra como você expressa seu amor por ela.
Mas você leitor deve estar pensando "Mas você disse isso pra ela?" E a resposta é sim. Eu sempre fui sincero com ela, se algo me chateava, eu dizia. Nada do que eu estou escrevendo aqui é algum segredo pra ela. E eu achava que ela ia trabalhar essas informações pra criar um relacionamento mais confortável pra mim e pra ela. Mas ela escolheu ignorar.
Mas o motivo de eu estar escrevendo tudo isso mesmo na verdade é outro. A gente terminou, mas foi razoavelmente tranquilo e decidimos continuar nos falando. Nós dois somos adultos, não é porque discordamos de alguns pontos que precisamos deixar de apreciar a companhia um do outro pra todo o sempre.
E é aqui que sou obrigado a voltar pro começo do nosso namoro. Porque apesar de termos iniciado o namoro cada um com mais de 30 anos, perdemos a virgindade juntos. Crescemos sexualmente juntos. Aprendemos tanto juntos! Eu mais ainda, visto que era meu primeiro namoro. E eu reclamei muito aqui da minha ex (e ela realmente tem os defeitos muito marcantes dela), mas eu também preciso admitir que ela em muitos momentos foi tão minha parceira, minha confidente, minha amada. Eu passei calado por todas as situações que eu já descrevi aqui e muitas outras tão ruins quanto porque, no fundo mesmo, pra mim estava valendo a pena. A gente tinha intimidade, apesar da dificuldade extrema dela de se abrir pra mim. Eu estava sacrificando meu bem estar mental e físico para sustentar o nosso relacionamento.
Tanto que só perto do final do nosso relacionamento que ela assumiu pra mim a atração por outras mulheres. Eu entendo ela, tem gente que não reage bem à isso. Eu tenho certeza que a família dela não reagiria nada bem. Entendo que era um segredo que ela queria deixar só pra ela, e que mesmo com toda a intimidade sexual que a gente tinha, ela também tem o direito de manter coisas só pra ela. É justo.
Só que eu não fiquei com raiva, nem com medo de ela querer me trocar por uma mulher, nem tive essa ideia fetichizada de transar com duas mulheres ao mesmo tempo. Eu sou um cara hétero, mas eu acho o amor lésbico de uma sensibilidade e de uma beleza inexplicável. Eu sempre me sinto mais seguro perto de mulheres, sempre me conecto mais com elas. Desde pequeno eu gosto da presença feminina. Então a ideia de duas mulheres partilhando um relacionamento, parece uma coisa quase mágica pra mim. E de novo, não é nada sexual nem fetichizado, eu realmente só acho muito bonito mesmo. Então qual foi minha reação quando descobri que minha ex tinha vontade de viver isso que eu acho tão incrível? Incentivei ela à correr atrás disso.
Mas é claro que ela, criada numa família extremamente católica, iria simplesmente sair atrás de uma guria do dia pra noite. Foram meses de conversa, de aceitação da parte dela também, de entender que ela não era uma aberração da natureza porque sentia atração pelo mesmo sexo (e também pelo sexo oposto). Nossos últimos meses juntos foram repletos de muitas conversas relacionadas ao mundo LGBT+ e afins. Acho que nós dois também já sabíamos que as coisas não estavam mais super bem entre nós, e que era questão de tempo até a gente se separar. Nosso relacionamento estava bem desgastado mesmo. É estranho porque a gente consegue ser extremamente forte pra parceira quando ela precisa ir correndo pro hospital, ou tem uma crise de pânico, ou não se sente segura na rua e precisa que você pare o seu dia para fazer companhia à ela - mas parece perder a motivação quando essas situações se normalizam e você percebe que talvez aquela pessoa simplesmente não tem a proatividade de te mandar uma mensagem perguntando "como foi seu dia", e de alguma forma sempre está online no whatspp. Sim, nosso relacionamento acabou. E foi bom ter acabado. Eu precisava desse término, muito mais do que eu precisava de uma namorada.
Mas também é muito bom saber que aquela pessoa por quem você passou anos cultivando um sentimento também está vivendo a vida dela. É bom saber que dá pra gente marcar um dia pra devolver as roupas dela que ficaram aqui em casa, sem drama, sem dor de cabeça. Ela foi muito madura no término, eu também. De certa forma nosso namoro acabou, mas continuou como uma amizade - bem menos intensa, bem menos problemática, bem mais fácil de lidar. Mas também sem as partes boas, sem aquela sensação de que se está ajudando a pessoa. Mas é muito mais do que milhares de pessoas separadas têm hoje em dia. Não posso reclamar, eu tenho muita sorte.
Eu só queria mesmo poder partilhar com ela a experiência da descoberta homoafetiva dela. O que não vai acontecer, já que ela já deixou claro que não é obrigada a revelar nada da vida pessoal dela agora que nosso relacionamento terminou - e ela tem total razão nisso. Eu sei disso, eu concordo com isso, e ao mesmo tempo eu acho que ela está sendo tão injusta por me negar esse fato.
Eu sei que não justifica, mas eu me dediquei tanto ao nosso antigo relacionamento juntos. Tive que entender que eu não estava mais sozinho no mundo, eu tinha alguém pra dividir o mundo comigo. Eu tive que aprender a baixar minha guarda, contar o que me dava medo, me expor totalmente à alguém, me desconstruir inteiro. E isso é muito difícil pra mim. Eu sei que ela não me deve nada, e eu sei que eu sou um idiota por me apegar tanto à esse motivo tão besta. Mas isso é realmente importante pra mim. Tem uma coisa dentro de mim que é ansiosa em saber se minha ex está se sentindo acolhida por uma outra mulher, se teve uma boa primeira experiência. De novo, eu sei que soa muito trivial, mas é uma verdade tão grande dentro do meu coração que me faz querer chorar quando lembro que isso nunca vai acontecer.
E não tem nada que eu possa fazer a não ser aceitar. E é exatamente isso que eu venho tentado fazer, pelos últimos 6 meses.
submitted by _powerguido_ to desabafos [link] [comments]


2020.08.23 06:19 Furao_do_mato Sinto que deveria assumir minha sexualidade (e minha possível romanticidade), mas não quero (H, <18)

Desde o primeiro semestre, eu venho me identificando muito com os espectros assexual e arromântico e eu estava orgulhoso no "armário", já que, apesar de querer me casar e ter filhos um dia, nunca me senti um "perdedor" por ter passado o ensino fundamental e médio "BV", inclusive achava até desconcertante e sem sentido isso de quase tudo na vida de um homem se resumir a sexo e beijo na boca, tanto para heterossexuais, quanto para não-héteros.
Só que, quanto mais eu entendia sobre a causa aro/ace aqui na internet, mais eu via o tipo de opressão que meu grupo sofre (não vou descrever, mas parece o tratamento dado a homossexuais no século XIX) e descobri que o pior de todos é apagamento de identidade. Depois de ter visto um vídeo execrável cheio de desinformação e ofensas sem sentido, comecei a pensar o quanto as pessoas podem fazer associações e simplesmente não querer entender o que sinto.
Então, aí é que entra a parte de me assumir. Não quero ter que "sair do armário", porque, não vejo necessidade de me expor a um risco desnecessário com possibilidade de julgamento e represália de uma família que já disse "Casamento é ruim, mas namorar tudo bem que é impossível um homem viver sem mulher" e "Quem não gosta de mulher deve gostar é de homem" (como se fosse algo ruim ser gay, além de anular não-binaridade e a possibilidade de não sentir atração sexual e romântica alguma ou só em casos muito específicos) apenas para mostrar que eu existo e não sou como o mundo afirma ser.
Ainda queria desabafar essas coisas com pessoas próximas, porém não seria útil que fosse com parentes próximos e não sei se há alguma necessidade de falar essas coisas para meus quatro contatos de Whatsapp.
Queria a opinião de vocês de até que ponto é relevante eu me assumir e se realmente vale a pena romper os preconceitos da minha família que tem uma "bela" inclinação para a acefobia (preconceito contra o espectro assexual) e para a amatonormatividade (acreditar que namoros são mais importantes que relacionamentos de afeto não-românticos, como o platônico, apesar de que o termo também pode se referir a como um casal deve ser e quais tipos são válidos); além de que existem casos de pessoas que desenvolvem sexualidade e romanticidade tardiamente e desfazer uma declaração minha só geraria muito mais opressão no meio familiar.
submitted by Furao_do_mato to desabafos [link] [comments]


2020.08.18 22:35 BoobiesChan Uma historinha de enganação e roubo

Olá, turma, luba, editores, studio, gatas, rainaras, carls, e etc...
Hoje lhes contarei uma história não muito extravagante, mas que aconteceu recentemente entre mim e uma cliente/"amiga" em uma das minhas redes sociais favoritas: o Amino
Bom, para começarmos...preciso dizer que sou desenhista e eu amo isso em mim não apenas como um hobbie ou trabalho, mas sim como parte da minha vida...amo desenhar desde o momento em que peguei um lápis ou uma caneta pela primeira vez, e quanto melhor e mais trabalhoso meu desenho for...mais eu levo a sério, e isso vale com certeza pra muitos artistas de pintura ou desenho que fazem seu trabalho com carinho e amor. No amino eu havia entrado em uma pequena comunidade não muito conhecida onde as pessoas fazem seus OCs e Artes e até fazem RPG e postam em blogs para exibir e as vezes até ganhar Amino Coins como forma de nota das pessoas (PS: Amino coins é meio que um dinheiro virtual do amino onde vc pode usar para comprar coisas para enfeitar seu perfil, comprar balões de texto ou até figurinhas e etc...)
Enfim, eu estava em várias comunidades de desenhos como essa, mas essa comunidade específica em que eu estava era a que eu mais costumava usar...e em outras comunidades de OCs ou RPG que eu gosto muito de ir, eu as vezes posto alguns dos meus desenhos para o público, e como eu estava querendo praticar um pouco minhas habilidades de micro empreendpara ...eu passei a vender meus desenhos para as pessoas online em troca de amino coins.
Comecei a fazer isso praticamente desde o início de 2020, e meus desenhos geralmente custavam entre 5 a 12 amino coins...pois além de usar caderno e paint eu tbm uso editor e as vezes demora quase 5 horas e 30 minutos para fazer a coloração e as luzes certinho e quase sem nenhum borrão.
Consegui investir 1000 AC e estava indo tudo perfeitamente bem, até que um dia...uma garota (vamos chamar de Rainara) havia me chamado no privado e pedido que fizesse um desenho dela versão cartoon. Até aí tudo bem, então pedi pra ela me mandar uma foto dela para que eu pudesse desenhar e ela poderia descrever como queria...ela mandou a foto, e a garota na foto era uma menina sem cílio, sombrancelhas e sem cabelo, e bem pálida com um sorriso meigo...como já deve imaginar, sim a cliente na foto tinha câncer, ela mesma havia me dito.
Enfim, ela pediu para não se importar com aquilo, mas sendo sincera eu fiquei meio mal, pois já tive dois amigos na escola que já passaram por essa merda.
De qualquer forma, eu fiz o desenho, pintei e editei, e quando fui entregar dei uma reduzida no preço pra 3 amino coins...que era o máximo que ela tinha naquele momento...depois de um tempo passei a conversar com ela e ela era realmente uma pessoa muito boa e incrível de conversar e desabafar, e eu ate tinha feito um desenho de nós duas juntas.
Depois de um tempo ela disse em algum momento que precisava de amino coins pra comprar alguns enfeites de perfil, mas ela não pediu nada, ela apenas disse que queria começar a economizar. Eu como sou trouxa e gostava muita dela, eu disse que poderia doar um pouco do que eu tinha pra ela (eu sinceramente não ligo muito pra dinheiro, mas a quantidade de dinheiro que ganho é meio que o resultado de tudo que fiz pra chegar naquele número). Rainara de início recusou, mas eu disse que queria dar como presente há ela, principalmente pra deixa-la feliz, então eu doei mais ou menos 860 Amino coins para ela. Rainara me agradeceu quase cem vezes naquela noite e eu realmente fiquei feliz em saber disso.
Alguns dias se passaram e Rainara havia começado a namorar um garoto (vamos chama-lo de Carls), o Carls era e ainda é um cara gente boa, compreensível e que tá sempre a disposição pra Rainara. Um certo dia ele chegou no meu PV e pediu que eu fizesse um desenho dele com a rainara como presente de namoro pra ela. Eu fiquei feliz e concordei em fazer, e pedi uma foto dele com ela (já que eu não tinha mais a foto dela de antes), então ele me mandou uma foto dele com...uma garota completamente diferente da original....não só pelo fato de ela naquela foto ter longos cabelos, e ter cílios e sombrancelhas, mas o rosto também era muito diferente (e sinceramente menos bonito ;-; Dclp). Como só fazia algumas semanas que a conheci...se o cabelo dela estivesse voltando a crescer depois de estar melhor do câncer...o cabelos estaria no mínimo bem curtinho com alguns pelinhos crescendo lentamente, certo?...enfim... Falei com Carls e eu disse que não poderia ser ela, e expliquei o porquê, e então ele disse as seguintes palavras:...
Carls - "Domy, essa é a Rainara de verdade, tem certeza de vc não está se confundindo?"
Assim que vi a mensagem eu fiquei meio chocada de início...ele perguntou se eu queria que ele falasse com ela sobre isso...e eu disse: "pode deixar...eu converso com ela". E assim fiz, entrei no chat dela e liguei pra ela...ela atendeu e eu perguntei: "Rainara, se não for muita indelicadeza da minha parte que eu pergunte...vc tem câncer, certo?"...
Rainara - "sim, eu tenho câncer, pq essa pergunta do nada?"
Depois que ela respondeu, eu mandei a foto dela com o namorado dela...ela ficou em silêncio enquanto eu perguntava de novo: "Rainara...essa é vc? Com o Carls?" Depois de longos segundos ela simplesmente desligou na minha cara...e só aquilo respondia minha pergunta. Eu continuei ligando até finalmente desistir e esperar....e depois de uma hora ela mandou mensagem pedindo desculpas, ela me ligou depois e eu atendi...pedindo explicações do por quê ela havia feito aquilo... Ela disse chorando no telefone que não sábia e que era estúpida de ter feito aquilo, aí eu pedi pra ela se acalmar e explicar oq passou pela cabeça dela, e ela respondeu:
Rainara - "quando eu pedi aquele desenho eu queria que vc fizesse, eu queria que fosse pra minha irmã que realmente está com câncer, e eu acabei me confundindo com as palavras quando pedi, me desculpa"
Eu não acreditei nas palavras dela (mal sabe mentir), ainda mais depois daquilo, então fui perguntar de novo pro Carls e ele disse que ela está mentindo pq nem irmã ela tinha, e tinha apenas dois irmãos homens. Eu conversei com ela, e eu realmente estava puta com ela por mentir e na cara dura, mas ainda sim tentei me manter calma e conversar com ela. Eu disse que estava realmente muito mal e brava por ela ter mentido, e eu queria cortar contato...ela disse que não queria perder a amizade que tínhamos...(que amizade?...) Enfim, eu falei que o mínimo que ela poderia fazer como favor pra mim era devolver meus amino coins que havia dado de presente e que me esforcei meses pra conseguir....e adivinha oq ela fez? Ela falou que havia gastado quase tudo em balões e figurinhas do amino...eu fiquei brava e desliguei e pedi pra ela apagar os desenhos que havia feito pra ela, mas mesmo que não apagasse ou não, de qualquer forma n ia mudar nada...então eu falei: "espero que esteja feliz por ter ganhado desenhos que fiz de amor e afeto e números de um dinheiro virtual que trabalhei pra conseguir, a única coisa que você perdeu foi uma amiga e a sua dignidade de ser verdadeira com essa amiga" e depois disso eu a bloquiei.
No dia seguinte descobri que Carls havia denunciado a própria namorada pra staff por fake, pois ele havia pegado o celular dela e leu minhas conversas com ela...e descobriu que ela havia usado a foto falsa pra me fazer ter pena dela, e de vez em quando ela fazia isso com outras duas pessoas...mas foi burra o suficiente pra deixar o namorado ter contato comigo...a staff da comunidade a ocultou fazendo ela n poder interagir com ninguém na comunidade por 30 dias. Isso n me deixou feliz, pois eu havia sido feita de trouxa por uma pessoa a quem eu gostava de coração, mas consegui manter contato com Carls...e ele é a única pessoa que me ajudou a me sentir melhor depois de um tempo...
Essa foi história, espero que tenham gostado, beijos lubinha, e deixarei em breve uma fanart pra ti no nhaa...vlw flw
submitted by BoobiesChan to TurmaFeira [link] [comments]


2020.08.18 04:41 RealityCompetitive24 Pandemia e sintomas de depressão

{ALERTA DE GATILHO}
Oi gente, ja tinha feito um post anteriormente sobre o quanto eu estava mal sobre o "tempo" que meu namorado (ou ex, sei lá) deu no nosso relacionamento. Bom, queria dar algumas atualizações sobre isso pois hoje particularmente eu estou muito mal. Tenho chorado e sofrido bastante todos os dias desde então, mas meu humor varia muito. Dou uma chorada, esqueço... choro de novo, vejo um filme e assim vai. Mas hoje me senti mal demais com isso. Não me sinto a vontade de dividir essa situação que estou passando com minha familia pois tenho medo do julgamento deles, e eles ja se tocaram que aconteceu algo pq meu namorado nao veio mais na casa deles desde então. Além disso, tenho feito muitos exercicios físicos do nada (eles tem questionado bastante sobre isso). O problema que só meus amigos me conhecem bem e estou enclausurada com minha familia nessa pandemia (tenho muitos segredos com eles pois são extremamente conservadores) e isso ta incrustado dentro de mim. Meu namorado estava sendo literalmente um refugio onde eu podia ser eu mesma nesse período. Eu tenho transtorno de ansiedade diagnosticado e sou uma pessoa extremamente extrovertida e amo demais meu ciclo de amigos, porem a ausencia deles esta fazendo muita diferença nesse momento. Hoje tive alguns sintomas muito pesados, não quis sair da cama, nao fui muito produtiva no homeoffice e me senti muito impotente, como se quisesse desistir de tudo. Eu ja tive alguns sentimentos suicidas e me automutilei a alguns anos atrás, mas nao é o caso agora... Porém voltei a pensar que não queria rer nascido e comecei a ter vontade de so me entregar e esperar que um dia a vida tenha pena de mim e me conceda um pouco de felicidade... eu ja tive esse problema antes (bem antes de começar o namoro) e acabei emagrecendo bastante pq eu nao queria nem fazer as refeições básicas. Está sendo muito dificil passar por isso sem meus amigos, sem a minha rotina... sindo muita falta da Universidade, de morar com meus amigos, de ter minha vida de volta. Além disso, eu já odiava meu trabalho porem sempre me esforcei pra fazer as coisas direito, mas ultimamente estou realizando minhas atividades de um jeito bem mediocre. Eu literalmente estou me forçando trabalhar, fazer exercicios, comer e ver séries de comedia pra ver se meu cerebro me manda um pouco de serotonina. Mas eu nao consigo nem fazer mais de duas refeições ao dia sem me sentir enjoada. O pior é que eu ainda tenho esperanças que a gente volte e se resolva pq há essa possibilidade, mas essa montanha russa emocional que estou vivendo esses dias esta me matando por dentro, o fato de nao poder ter minha vida social normalmente também está me levando pra um buraco. Tenho pavor de voltar ao patamar emocional que estava a 3 anos atrás, pois era justamente nessa epoca que me cortava e mal saia de casa, inclusive, fantasiava sobre morrer por inanição... e o gatilho pra isso acontecer tambem foi um relacionamento que não deu certo... por isso estou literalmente me forçando a fazer as coisas. Nessa pandemia alem do isolamento tive que lidar com morte de parentes e brigas familiares horrorosas. Uma crise no meu relacionamento era a ultima coisa que queria que acontecesse nesse momento.
submitted by RealityCompetitive24 to desabafos [link] [comments]


2020.08.18 03:04 gatasou Destruindo relacionamento de terceiros

Oi, pra você que está lendo esta história. Tudo bem? Espero que sim. No ano de 2018, ocorreu um reajuste em uma das escolas do meu município, essa escola agora teria o período integral, assim fazendo com que alguns adolescentes se mudassem para a escola onde estudo. Eu estudava no período da tarde na classe do 8 ano. Bom na escola que tinha o período integral quantia apenas alunos do ensino médio, dai mais ou menos um grupo de 5 pessoas se mudaram para o 1 ano do ensino médio a tarde. Nesse grupo havia dois meninos que eram bem amigos, vou chamá-los de Rayano e Tatiano, eu achei o Rayano bem bonitinho, mas não tinha coragem de conversar com ele, porque eu tinha uns sérios problemas de baixa autoestima , era sério de verdade desde coisas simples até coisas mais extremas, exemplos: eu me comparava toda hora com a minha amiga porque na minha cabeça ela era simplesmente boa em tudo e também tinha todas as características físicas que um menino gosta, vou chamá-la de Cléo, porque ela meio que faz parte da história. O Tatiano mandou mensagem para mim ou foi eu que mandei mensagem para ele, não lembro direito, conversávamos muito éramos bem amigos e ele já sabia que eu gostava do Rayano. eu ficava o dia inteiro observando o Rayano na escola, para você ter uma noção eu não lembro de nada que estudei naquele ano só lembro que tinha um professor de história surper bom. Continuando o Tatiano contou para o Rayano que eu gostava dele isso foi no meio do ano, dai o Tatino deu uma ajuda para eu conseguir ficar com ele. A gente ficou no mês de outubro, eu e o Rayno era tão burros que ficamos dentro de uma sala na hora no recreio e basicamente todo mundo viu, deu quase um B.O, mas o Tatiano conversou com o espetor e ele deixou passar. No dia seguinte não fui a aula pois não estava muito bem, estava com um nó na garganta (vontade de chorar, não sei porque) um pouco de enjoo e com dor de cabeça, bom era minha ansiedade. O resultado foi, perdi o aniversário do meu amigo e ainda durante o dia que estava em casa recebi uma mensagem desse meu amigo que fazia aniversário dizendo “como você pode fazer isso??” eu sem entender nada perguntei do que ele estava falando ele disse “Esse seu fogo na bunda desmanchou o relacionamento do fulano” e eu perguntei o que aconteceu e ele me contou, resumindo, o Tatiano teria gravado um vídeo quando eu tava ficando com o menino lá e esse vídeo teria chegado, não sei como, na mãe de um amigo meu que achou que era a namorada do filho dela, porque eu sou bem parecida com a menina, bom a mãe do meu amigo fez com que ele meio que terminasse com a garota lá porque ela tinha certeza que era ela no vídeo, eles terminaram. E depois de tudo isso acabei descobrindo que o Rayano gostava da Cléo na verdade. E eu fiz coisas muito vergonhosas só para chamar atenção dele, uma vez inventei que tinha mandado uma carta para ele, era mentira mas realmente eu tinha escrito uma carta para ele, eu lembro que na carta tava escrito várias coisas nada a ver que não fazia sentido nenhum kkkkkkkk. E uma vez eu perguntei para a Cléo se eu podia ver um negócio no celular dela e ela disse que sim, dai eu fui no WhatsApp dela e procurei pelo nome do Rayano e fui até o começo da conversa para ver quem tinha mandado mensagem primeiro, e tinha sido ele, nesse dia eu fiquei muito triste, em casa eu chorei muito. Bom e foi assim que destrui um relacionamento, espero que tenham gostado e vocês não fazem ideia de quanto chorei quando basicamente colocaram a culpa em mim no término do namoro e ainda fico com essa paranoia de que o Rayano ficou comigo por pena. Bom é isso ;)
submitted by gatasou to TurmaFeira [link] [comments]


2020.08.16 20:32 AltinoAlagoinhas Amizade, Sexo E a escolha das Mulheres.

Ok, textão pq eu não tô sabendo organizar essas ideias na minha cabeça.
Primeiramente, eu sou um cara relativamente "presença" eu tenho 1,89 de altura, isso é relevante pois aqui na cidade onde eu vivo o caras não são tão altos e isso combinado com eu ser jogador de Vôlei em uns times amadores por aqui, meio que me dão uma certa vantagem em conseguir atenção de mulheres. Eu não tenho talento suficiente pra ser profissional e altura não é tudo, mas eu gosto de jogar.
Recentemente meu namoro acabou e eu comecei a refletir mais sobre minha posição e atitudes e como eu sou percebido por homens e mulheres e se isso esta me impedindo de manter um relacionamento solido.
Do ponto de vista dos meus amigos homens, eu tenho a vida que eles pediram a Deus e não ganharam na loteria. Eu tenho relacionamentos bem curtos,, variando de semanas a meses, onde esse ultimo foi o mais longo uns 10 meses e o Covid foi o que provavelmente deu essa vida extra. E nesses períodos sem relacionamento eu sou um tanto quanto bem eficaz em conseguir sexo casual(digo não mais que algumas transas com cada pessoa).O que desperta uma certa inveja nos caras, eles me elogiam e brincam, mas eu sinto o tom de rancor escondido por trás das brincadeiras e que as vezes escapam quando eles estão mais alcoolizados.
Uma vez eu cometi o erro de tentar animar um camarada que tava sofrendo depois de uma serie de rejeições, ele veio com "tu pega todo mundo e eu não pego nem as sobras" e tentei dizer algo assim "Calma, isso não é uma competição,qualquer hora vc se da bem,podia aproveitar pra malhar um pouco e etc". Pra que eu fui dizer isso, o cara ficou em tempo de chorar de raiva,"Não é competição pra vc que é um gigante e as mulheres fazem fila, nenhum treino no mundo vai me deixar mais alto ou bonito". Na hora eu não entendi o que eu falei de errado, depois eu vi que ele entendeu o que falei como pena pela inabilidade dele de conseguir atrair mulheres.
Aqui eu tenho que dar um contexto, aqui no meu circulo de amigos,talvez essa cidade (não tenho como saber), tem essa crença entre os homens que é mais fácil transar de cara(logo nos primeiros encontros) com uma mulher que não gosta de vc, mas te acha sexualmente atraente do que se ela tiver intenção de te namorar, a logica por trás disso é que ela pode sentir desejo pelo cara, mas não gosta dele como pessoa ou acha que vai ser traída o que deixa ela livre pra "dar" de primeira sem se preocupar se o cara vai perguntar se ela chegou em casa bem no dia seguinte. E tem os caras que elas tem intenção de criar algo solido e esses vão ralar pra levar elas pra cama,pois elas tem medo de ser vistas como fáceis. No geral nunca me importei com isso pq com o tinder outros app e o modo mais agressivo que as mulheres se aproximam de mim faz essa teoria soar muito machista e produto de ressentimento de caras rejeitados.
Mas ai uma semana atras, essa conhecida minha da academia começou a falar de amizade e sexo e então descobri que ela é lésbica, e na conversa ela disse que era opção pessoal dela nunca se envolver com amigas que ela não quisesse perder, mesmo existindo o conceito de amizades com beneficio(que ela abomina) e tal ela só se relacionou com 2 "amigas" que ela não se importava em cortar relações,o argumento dela é que relacionamentos sexuais dificilmente acabam amigavelmente e ela não quer correr esse risco com amigas que ela preza muito.
Enfim, essa duas ideias tão se chocando na minha cabeça agora, pq eu tô achando que eu sou vitima disso, que as mulheres já se aproximam de mim achando que vai ser só pra passar uma chuva(com medo de ser traídas ou simplesmente não gostam da minha pessoa mas me acham atraente).O que meio aponta pra ideia dos caras, nesse últimos 3 anos eu tive muitos casos de "uma noite" onde eu nem sei se fiquei no final da lista de contatinhos delas. Eu não uso Apps de encontros onde ´sexo casual é supostamente a norma, Meus encontros são sempre da academia, trabalho, cursinho e etc. O que deveria facilitar relacionamentos sólidos.
Eu sei que um relacionamento depende de inúmeros outros fatores, mas se os meus ja começam com data pra expirar, vale a pena investir nisso?
É isso, quem leu até aqui sem ficar entediado agradeço, quem se decepcionou foi mal. só precisava escrever pra tentar organizar melhor minha mente, pq segunda eu volto ao batente.
submitted by AltinoAlagoinhas to sexualidade [link] [comments]


2020.08.07 04:33 rafaelgato55 Eu fui babaca por tentar ajudar minha amiga??

Olá luba, editores, gatas, papelões mortos, possível convidado e turma que está a ver. Eu conheci iarls no twitter, fomos conversando e ficamos muito próximos. encontrei ela pessoalmente num curso preparatório para o if, na época a nossa amiga em comum larls estava namorando uma menina do curso chamada farls, essa menina era muito toxica com ela, tanto que todo os dias do curso, que era uma vez por semana, a larls chorava por alguma coisa no relacionamento com ela (eu não falar muito sobre isso, pq eu não sei toda a historia delas). ai a larls terminou com a garota toxica e passou. Depois de um tempo a farls começou a conversar com a iarls, eu não me importei muito, pq elas eram amigas e tals. depois de um tempo a iarls disse que a farls falou que estava gostando dela, e eu respondi tipo: cuidado, lembra oq ela fez com a larls! e ela falou para eu ficar despreocupado, então fiquei de boa. Ai depois de um tempo, a iarls disse que começou a namorar a farls, eu fiquei muito preocupado, pq oq ela fez com a larls podia tranquilamente fazer com ela, a iarls falou para eu ficar despreocupado, pq ela estava ligada. passou um tempo e a farls começou a soltar aquelas famosas frases, essa roupa não está muito curta?? e etc. a gota d'agua veio quando eu a iarls e uma amiga nossa estávamos jogando ludo, a farls não parava de mandar mensagem, dizendo q ela não respondia, que era pra responder ela, e tipo uma partida de ludo demora um pouco, então tipo só por aquele tempo q iarls não respondia a farls surtou, eu e nossa amiga falamos com ela, sobre a menina tóxica e dissemos que ela já tava dando sinais e era pra ela cair fora, então foi e ela terminou o namoro com a farls. Porém a iarls era apaixonada ainda pela por ela e eu falava sempre pra iarls superar, na verdade eu só falava isso, todas as vezes, pq eu não sabia como ajudar, na minha cabeça ela tinha que dar um jeito de superar, já que farls fez muito mal pra ela e iarls tinha que esquecer de qualquer jeito. eu, ela e nossa amiga tínhamos um grupo no whatsapp que a gente trocava videos, e sempre nesse grupo a gente mandava videos de casais e tal falando que iamos morrer sozinhos. sendo que todas as vezes ela lembrava da falrs e eu falava sempre pra ela tentar forçar uma superação sla, eu só não queria ver ela triste por causa de uma pessoa que não vale a pena. um dia a gente chegou no assunto da falrs e eu falei a mesma coisa pra ela superar e tal, e ela foi e falou que estava tentando e eu fui e falei a maior merda "parece que tu nem tenta", ela ficou muito puta e falou "não sou obrigada a ler uma merda dessas", e saiu do grupo. depois nossa amiga que tava no grupo tbm disse que a gente não sabia como foi o relacionamento e que nós não poderíamos julgar e que era pra eu falar com ela. eu fui e falei (segue os prints). eu fiquei bem mal, pq na minha concepção eu estava ajudando, mesmo só falando que era pra ela superar. no final eu me afastei dela por um tempo, para não fazer mais nenhuma merda e não deixar ela mais triste.
então, eu fui o babaca?
http://imgur.com/a/ipgI1X5 (pf borra o nome dela que tá na conversa!)
submitted by rafaelgato55 to TurmaFeira [link] [comments]


2020.08.06 04:46 bashiratt Sou babaca? Estou namorando uma pessoa apenas porque ela diz que vai se matar se eu terminar.

Boa noite.
Tenho 22 anos, sou mulher e o assunto aqui se trata de um webnamoro (não me julgue, não tenho autoestima suficiente pra ter relacionamentos na vida real, então isso meio que é importante pra mim).
Me apeguei a uma pessoa pela internet por ela ser, talvez, tão problemática quanto eu e isso vai fazer 12 meses. Acontece que tivemos algumas brigas na última semana onde descobri um lado muito negativo nele, que se mostrou muito controlador e o ápice foi quando começou a me chamar de puta... ok, pra muitos isso é apenas mais um xingamento, mas eu levo essa questão muito a sério, não conseguiria me envolver sexualmente com gente aleatória e eu nunca nem sequer beijei (tive a oportunidade mas eu não beijaria alguém que não tivesse interesse de ter algo, então eu sou bv e não ligo pra isso). Ah, nada contra quem vive essas coisas, não acho errado nem imoral, apenas não é algo que eu veja necessidade mesmo, não me faria menos triste.
Pra deixar claro, eu não fiz nada de errado com ele. A nossa briga começou porque ele queria que eu mandasse nudes pra ele (mais do que já mandei) e eu disse que não iria pois isso nunca me fez bem e a pouca autoestima que eu tinha foi embora (foi embora meio por culpa minha pois eu peço sempre pra ele não me elogiar, não me dou bem com elogios e sempre acho que é forçação, todavia ele constantemente elogia outras mulheres em séries ou filmes que assistimos, eu sei que isso é normal mas minha insegurança me faz remoer isso, mas nunca reclamei, apenas ficava me comparando com elas e percebendo que estou longe demais disso). E então ele começou a me xingar falando que eu mandava pra outros caras (antes de ter algo com ele, antes de namorarmos) mas pra ele não queria mandar mais.
Enfim, essa briga estragou tudo pra mim e comecei a repensar meus sentimentos. O amor acabou, entende? Não apenas por isso, mas pela pessoa que ele se mostrou ser depois. Eu não quero isso mais, se eu pudesse controlar meus sentimentos eu juro que faria, eu não sou uma pessoa ruim que usa as pessoas e descarta, mas não consigo amar essa pessoa mais.
E está ainda mais difícil pois ele está se mostrando controlador e fazendo pedidos demais, o julgo meio mimado pois é impaciente e sempre quer as coisas na hora.
Todavia, eu o conheci em uma época em que ele já planejava se matar, já tinha mais ou menos tudo na cabeça e ele tinha zero esperanças. Mas aí eu cheguei e dei esperança pra ele, deixei ele se apoiar em mim pois sabia que ele precisava de ajuda (começou como uma amizade isso, mas evoluiu pra namoro e então ele ficou ainda mais dependente). Já tive fases difíceis na minha vida, que refletem em mim até hoje, e tive que enfrentar tudo sozinha, a empatia que criei com ele era enorme pois eu tinha noção do sofrimento que ele estava passando (questões familiares, falta de objetivo na vida, ausência de coisas boas que fizessem a vida valer a pena e etc).
Agora, que quero terminar, ele diz que vai se matar e gravar, que se for pra eu terminar com ele é melhor eu bloquear pois ele irá fazer isso ao vivo pra mim.
E eu não duvido disso, a cabeça dele é doentia.
Se eu terminar eu não sei o que vai acontecer e quase certo de que eu seria babaca, mas continuar com ele é difícil, não sei o que fazer.
Não sei como que posta imagem dos prints aqui... então coloquei em um link :-I
Contexto: Eu fiquei uma madrugada jogando com uns amigos dele e...
https://imgur.com/a/sVKebgw
PS: Não entendi quando ele disse "não posso deixar de te mandar fotos", provavelmente estava falando de nudes? Não faço ideia.
E esse é ele falando sobre os nudes que eu mandava pra outras pessoas antes de namorar com ele e voltando a falar de suicídio.
https://imgur.com/a/0JOJ5ee

Caso o Luba leia: saiba que é o único youtuber que vejo todos os vídeos, você e sua equipe são sensacionais e seu carisma é único, parabéns pelo sucesso!
submitted by bashiratt to TurmaFeira [link] [comments]


2020.07.29 01:13 HourEstablishment4 preguiça de encontros

preguiça de ir nos encontros (vulgo casa da pessoa) pelo simples fato de a pessoa simplesmente só querer SEXO.
é tão maçante transar com desconhecidos, o bom do namoro é isso, cada um sabe o que o outro gosta.
saudades namorar, pena que namoro tá mais difícil que achar agulha no palheiro.
submitted by HourEstablishment4 to desabafos [link] [comments]


2020.07.28 15:02 chimarraodesc FUI BABACA POR ME APAIXONAR POR QUEM EU N DAVA BOLA?

Oi pessoas, gatas, e espíritos do quarto do Luba.(luba se for ler pode puxar o R pq eu puxo bastante) Tudo começou quando eu no auge dos meus 14 anos comecei a conversar cor alguém ai q n vou explanar de 17 q vou chamar de pipoca A gente conversava pelo insta e whats, só nos conhecíamos de vista... ate que ele ia dando sinais de que gostava de mim, e me chamava p sair.. mas pela idade e quarentena, eu dizia q n Eu falando com meu melhor amigo, até tinha feito um texto pro pipoca, falando q era melhor se afastar, e q eu n sentia o mesmo q ele e etc.. mas eu n mandei, por pena k O tempo foi passando e eu me apaixonei de vdd, troxa? Tlvz... a gente se declarava smp.. mensagens fofinhas, textinhos de bom dia e etc.. Um dia ele falou sobre namorar, mas como eu sabia q meus pais n iam aceitar, eu disse q teria q esperar. Ele disse q tudo bem, e esperaria (mandou até textinho no dia 12/06). Passado um tempo elr veio com uma historia de q, como a gente tava solteiro poderia ficar c quem quiser, mas teria q contar pro outro, aceitei né Ate q ele comecou a falar com umas meninas, e eu fiquei c ciúmes.. e ele disse q eu tinha q me acostumar pq ele n tava nem um pouco mais apaixonado por mim, mas q qria tentar sair ainda Eu pedi um tempo.. dpois desse tempo eu fui falar c ele.. e ele disse q se eu qsesse só sair c ele tava ok, mas q era p eu diminuir meus sentimentos por ele, pq eu tava só em iludindo (eu acho q eu n me iludi sozinha né, pq PELO TIPO DE COISA Q ELE ME MANDAVA, ERA COMI SE FOSSE UM NAMORO, eu te amo..minha princesa, só minha, etc) Eu mandei ele tomar no c*, e sumi.. um dia dpois ele ja tava c outra guria bem felizinho...e eu aqui sozinha sofrendo.. é isso luba, dsclp a bíblia <3 And, quem foi o babaca.. ele por dizer q era apaixonado por mim? Ou eu, por n ter falado no inicio q n qria nada, e ter me deixado levar?
submitted by chimarraodesc to TurmaFeira [link] [comments]


2020.07.28 14:40 chimarraodesc FUI BABACA POR ME APAIXONAR POR QUEM EU ESNOBAVA?

Oi pessoas, gatas, e espíritos do quarto do Luba.(luba se for ler pode puxar o R pq eu puxo bastante) Tudo começou quando eu no auge dos meus 14 anos comecei a conversar cor alguém ai q n vou explanar de 17 q vou chamar de pipoca A gente conversava pelo insta e whats, só nos conhecíamos de vista... ate que ele ia dando sinais de que gostava de mim, e me chamava p sair.. mas pela idade e quarentena, eu dizia q n Eu falando com meu melhor amigo, até tinha feito um texto pro pipoca, falando q era melhor se afastar, e q eu n sentia o mesmo q ele e etc.. mas eu n mandei, por pena k O tempo foi passando e eu me apaixonei de vdd, troxa? Tlvz... a gente se declarava smp.. mensagens fofinhas, textinhos de bom dia e etc.. Um dia ele falou sobre namorar, mas como eu sabia q meus pais n iam aceitar, eu disse q teria q esperar. Ele disse q tudo bem, e esperaria (mandou até textinho no dia 12/06). Passado um tempo elr veio com uma historia de q, como a gente tava solteiro poderia ficar c quem quiser, mas teria q contar pro outro, aceitei né Ate q ele comecou a falar com umas meninas, e eu fiquei c ciúmes.. e ele disse q eu tinha q me acostumar pq ele n tava nem um pouco mais apaixonado por mim, mas q qria tentar sair ainda Eu pedi um tempo.. dpois desse tempo eu fui falar c ele.. e ele disse q se eu qsesse só sair c ele tava ok, mas q era p eu diminuir meus sentimentos por ele, pq eu tava só em iludindo (eu acho q eu n me iludi sozinha né, pq PELO TIPO DE COISA Q ELE ME MANDAVA, ERA COMI SE FOSSE UM NAMORO, eu te amo..minha princesa, só minha, etc) Eu mandei ele tomar no c*, e sumi.. um dia dpois ele ja tava c outra guria bem felizinho...e eu aqui sozinha sofrendo.. é isso luba, dsclp a bíblia <3 And, quem foi o babaca.. ele por dizer q era apaixonado por mim? Ou eu, por n ter falado no inicio q n qria nada, e ter me deixado levar?
submitted by chimarraodesc to TurmaFeira [link] [comments]


2020.07.27 06:05 b_bast4rz O motivo de ter desistido de relacionamentos

Olá Lubisco, editores, gatas, finados papelões,possível convidado e turma que está a ver.
Espero que estejam todos bem ^^
Bom, eu tinha um pouco de receio de contar essa história com medo de dar algum B.O, mas acredito que se não citar nomes não vai ter problema, plus não tenho nada a perder explanando isso pq a pessoa em questão não acompanha o canal(inclusive falava mal do Luba chamando ele de "chaveirinho de hétero")
A história é beeeeeeeem longa então me desculpem :/
Essa é a história do meu último relacionamento
Antes de conhecer a dita cuja eu namorei outra menina por 4 anos, e foi um relacionamento bem tóxico e abusivo, minha auto estima foi destruída aos poucos ao longo dos anos mas mesmo assim eu continuei com ela pelo medo de abandono, pq se eu era a merda que ela falava que eu era mas ainda tava comigo, sem ela eu não teria mais ninguém. Até que chegou num ponto que terminamos de vez e eu decidi ficar longe de qualquer pessoa, mas a carência falou mais alto e fui me aventurar no Tinder pra conseguir algum rolo. Consegui alguns e tals, até que conheci a Jenny(nome fictício). Ela era linda e tinha muito em comum comigo, tínhamos a mesma idade, nascemos no mesmo mês e os gostos eram idênticos, e curiosamente ela também tinha saído de um relacionamento abusivo(que eu descobri que era mentira, mas conto sobre isso depois) ficamos por alguns meses e eu decidi pedir ela em namoro, e foi aí que minha vida mudou. Todo aquele terror do meu último namoro sumiu e foi só felicidade, era um namoro perfeito, tínhamos planos pro futuro, sonhos e tals e eu achei que daria tudo certo, até que chegamos em 2019. No início do ano ela tinha pedido pra terminar comigo, porque estava duvidando da sua sexualidade(ela era bi, mas tava pensando que era na verdade lésbica) eu entendi a situação e mesmo ficando triste aceitei o término e disse que se fosse pra gente ficar junto a gente ficava. Foram 4 dias separados até que ela voltou atrás e pediu pra voltar, aceitei e as coisas ficaram como eram antes, pelo menos por uns 2 meses. Ela morava numa república com amigos, todos homens, eu conhecia todos e também considerava eles meus amigos, e sabia que eles respeitavam nossa relação, porém um deles, que até então não representava uma ameaça começou a ficar bem próximo dela, achei um pouco estranho no começo,mas confiava nos dois. Mas as coisas começaram a tomar um rumo beeeeem mais estranho, ela chamava ele pra sair pra bares mas não me chamava(não era muito meu tipo de rolê na época, então eu acabava evitando, um erro bem idiota meu), Overwatch que era um jogo que eu comprei pra jogar com ela, ela jogava 2 ou 3 partidas comigo mas ficava horas a fio com ele e pra fechar, filmes que a gente tinha marcado de ver junto ela via com ele. Isso começou a me incomodar muito e eu cheguei q conversar com ela diversas vezes, mas ela sempre vinha com a desculpa de que não tinha nada e que ela via ele como um irmão.
Acreditei, mas ainda sim fiquei receoso por um tempo. Eis que chegou Junho, ela tinha uma apresentação na faculdade e eu estava a caminho pra poder assistir(tinha trocado de curso pro curso dela, não me arrependo mas evitar ela nos corredores foi foda) no caminho ela me disse que depois da apresentação ela ia pra uma boate comemorar e disse que como sabia que eu não queria/não poderia ia ela tava me avisando pra eu não me sentir excluído, então eu decidi ir com ela, pq queria fazer parte de alguns dos hobbys dela e me acostumar com a vida de balada e barzinho, chegando na casa dela antes de sair pra faculdade ela me trancou no quarto dando várias desculpas pra eu não ir pra balada com ela até que eu perguntei se ela queria terminar comigo de novo e ela disse que sim. Perguntei se era pelo mesmo motivo de antes e ela confirmou, mas dessa vez era diferente pq ela tinha perdido a atração fisica em mim. Novamente tentei levar na boa falando que se era isso mesmo era pra ela sair e ver o que ela queria, que se fosse pra gente ficar junto a gente ficaria, mas perguntei se ela tava sentindo atração pelo amigo, e mais uma vez ela veio com a mesma desculpa. Saí do apartamento dela e fui pra minha antiga faculdade acudir uma amiga que tava com alguns problemas, acabou sendo uma ajuda mútua :v
Passou uns dias e eu descobri que na mesma noite que ela me largou ela ficou com o cara. Eu não posso apontar o dedo pra dizer que ela me traiu, pq não tenho como provar, mas algumas situações indicam que sim ela me traiu, mas não vou entrar e detalhes quanto a isso agora.
No dia seguinte do término eu ainda não sabia que ela tinha ficado com o cara, mas tava sofrendo demais, na época eu usava o Twitter e fui la afogar as mágoas de noite enquanto fumava, bebia e ouvia músicas. A Jenny acordou depois da noite de bebedeira e foi ver meu Twitter, onde ela printou um tweet e me mandou, tivemos uma discussão pelo Whatsapp que eu vou postar os prints depois.
Os dias se passaram e eu segui triste e remoendo as coisas, cheguei a perguntar amigos dela se ela tinha comentado alguma coisa sobre terminar antes mas nenhum disse nada, até cheguei a perguntar um dos meninos que dividia o apartamento com ela, que ate então era o melhor amigo dela se ele sabia, mas como ele ainda tava do lado dela na época ele não disse nada. Então tomei coragem e fui atrás da fonte do meu ciúme e perguntei se eles tinham ficado, quando ele confirmou eu desabei no chuveiro chorando, pra piorar ele foi falar com ela, que acabou mandando um áudio admitindo que tinha ficado com ele na noite do término, mas estava extremamente puta comigo pq eu tava me intrometendo na vida dela, sei que depois do término ambas as partes não são obrigadas a dar satisfação, mas como tinha sido um término muito estranho eu queria ir a fundo. Depois de chorar horrores eu tentei me acalmar e falei que tinha ficado bem chateado com os dois, porque eu me senti traído. Foi eu falar isso que ela riu da minha cara e me bloqueou de tudo, e vamos de choro de novo, dessa vez ligando desesperadamente pra ela pra me desculpar, quando ela atendeu eu disse que tava de cabeça quente e não pensava direito, na verdade eu só queria manter ela por perto pq eu ainda a amava e queria tentar voltar, até desconsiderei ela ter ficado com o cara na noite do término pq ela disse que tava bêbada e foi coisa de momento, o que hoje em dia eu obviamente não acredito. Tentei manter isso por algumas semanas, mandei algumas mensagens e numa delas ela disse fez alguns testes psicológicos e descobriu que ela era insatisfeita com tudo, inclusive nosso relacionamento e disse que precisava colocar a cabeça no lugar e que não ia namorar de novo pq tinha que ficar sozinha. Dei esse espaço pra ela, mas a ansiedade falou mais alto e eu liguei de novo, dessa vez pedindo pra voltar quando ela tivesse e sentindo melhor, e me coloquei a disposição a ajudar ela com o que precisar, desde indicações de psicólogos e psiquiatras até medicamentos, e mantivemos uma certa amizade por um tempo, se é que da pra chamar assim, já que era ela responder stories no meu insta.
Quando as aulas voltaram e ela passou por mim pelo corredor, fui ignorado e fui chorar no banheiro. Os meses se passaram e eu ainda tinha em mente que era possível voltar, até que uma amiga decidiu tirar o band-aid da minha ferida e me mostrar alguns tweets dela, onde ela dizia que queria o @ dela deitada na cama e que tava muito apaixonadinha, adivinhem quem curtiu esses tweets? O @ dela, o amigo do apartamento . Dias depois eles assumiram um namoro.

Quando eu descobri que ela tinha assumido o namoro com ele, todas as minhas esperanças foram por água abaixo, tudo o que eu queria era meus mangás e pôsteres de volta, tudo que ela tinha deixado na minha casa eu ja tinha juntado numa sacola e só tava procurando alguém pra devolver, pq eu não conseguia olhar pra cara dela sem sentir um misto de tristeza, raiva e decepção. Finalmente achei alguém pra fazer a troca, entreguei a sacola pra uma amiga em comum e ela devolveu pra mim, ficaram faltando os pôsteres então ela entregou outra sacola pra menina, junto dos pôsteres, uma carta em resposta da que eu tinha escrito em Junho quando ainda tinha esperança de voltar(a troca rolou no início de Outubro), nessa carta ela dizia que não acreditava em nada do que eu tinha escrito pelas coisas que eu tava falando dela pelo Facebook, o que na verdade foi uma indireta pra minha outra ex, já que eu tinha ficado sabendo que as duas tinham conversado e a abusiva disse que eu era o monstro a relação e que ela sempre tentou me ajudar. Vou passar por isso rapidamente, a ajuda dela eram ameaças de término se eu não fizesse o que ela queria, seja entrar na faculdade, arrumar um trabalho ou tirar carteira, e como minha mente já tava toda fudida pelos outros abusos, meu medo de abandono gritava enquanto eu tentava fazer o que ela me mandava, que quando sem sucesso ela ficava puta. O post no FB era um print do Twitter dizendo "todo mundo é tóxico menos você né? Anjo perfeito enviado dos céus", desbloqueei minha ex abusiva exclusivamente pra ela ver isso, mas acabou atingindo outra pessoa, mas se a carapuça serviu eu não posso fazer nada.
Sabendo que ela via meus posts de alguma forma, deixava alguns posts em público, queria que ela visse que eu tava desapontado com o que ela fez, e também queria me lembrar pra sempre do que acontece quando a gente se entrega pra alguém. Esses posts levaram a uma situação onde uma amiga dela pegou todos e printou e postou no Twitter pra me ridicularizar, e chamou a Jenny pra bater palma pra isso, quem me disse isso foi o melhor amigo dela, agora não mais já que eles brigaram. Com essa situação eu decidi pegar vários áudios que minha amiga tinha salvo a minha ex metendo o pau dessa amiga por conta do show do BTS e fiz um vídeo, mas não postei em lugar nenhum, deixei salvo aqui esperando algum outro post escroto.
Hoje eu acho que nem postaria, pq só quero ficar em paz, a menos que tenha alguma outra situação do tipo, pq não vou ficar calado.
Sobre o relacionamento abusivo dela, como ela foi atrás da minha ex, tomei a liberdade de fazer o mesmo um tempo depois e disse as coisas que ela falava dele, o que ele me disse foi que ela dizia a mesma coisa de outro ex. É como se fosse um ciclo vicioso, ela namora uma pessoa, se arrepende e essa pessoa vira um monstro que ela conta pros outros namorados pra eles sentirem pena.
Enfim, quero finalizar aqui dizendo à todos que eu não odeio ela, mesmo o ódio sendo negativo ele é um sentimento forte demais pra sentir por alguém que te fez tanto mal, só fico desapontado com o que ela fez comigo, eu fui sincero com ela falando o que eu passei por 4 anos em outro namoro e ela me disse que também passou em um, éramos duas pessoas quebradas e na minha mente os pedaços faltando de ambos se completariam, mas não é assim que funciona e não foi isso o que ela fez. Ela viu o quanto eu era quebrado mas decidiu quebrar mais, não só isso, fazendo isso ela tirou completamente minha capacidade, minha coragem e minha vontade de amar, eu real não consigo me entregar de novo pra ninguém, pra me lembrar disso pra sempre uso uma aliança preta representando o luto. Se você leu até aqui, muito obrigado de verdade, eu sinto que tirei um peso gigante das costas com isso, grato pela atenção de todos.
Os prints estão no Imgur e o tem um áudio e um vídeo que não deu pra postar, depois eu dou um jeito de mostrar pra vocês ^^
https://imgur.com/7tESoww - Discussão que tivemos no dia seguinte
https://imgur.com/nWl5UDt - Quando eu descobri que ela ficou com o cara
https://imgur.com/A85izEl - As cartas
https://imgur.com/tCDNS2b - Conversa com o ex dela
https://imgur.com/feDWFhP - História que ela inventou no TT. Pra mim ela tinha dito que era a mãe que traía o padastro depois do divórcio, mas ela quis queimar o pai dessa vez não sei pq.
submitted by b_bast4rz to TurmaFeira [link] [comments]


2020.07.27 00:23 nao-sou-ninguem Não suporto mais o peso da solidão nem o de ser quem eu sou

Me odeio. Não me sinto confortável com quem eu sou.
Não gosto de meu corpo, do meu rosto e não me sinto confortável com com vários aspectos físicos meus e, principalmente, com o sexo que nasci. Também detesto a minha personalidade e não me suporto enquanto ser humano. Tenho total desprezo pela minha pessoa, por quem eu fui no passado e pelo que eu sou hoje. Acho que eu queria ser alguém completamente diferente... Queria que em algum momento da vida eu pudesse voltar para escolher como eu seria, como escolhemos em alguns jogos de RPG, por exemplo.
Me sinto um(a) total estranho(a) à sociedade (por privacidade e segurança pessoal, não quero revelar o meu sexo nem nenhuma outra informação que possa dizer alguma coisa relevante sobre a minha identidade pessoal). Não tenho amizades, nunca tive nenhum tipo de relacionamento amoroso com alguém, nunca vivenciei nada de muito interessante... Não encontro ninguém que queira conversar comigo, ninguém que queira ter algum tipo de relacionamento comigo (seja alguma amizade, algum relacionamento amoroso ou qualquer outro estilo existente de relacionamento).
Devo ser de fato uma pessoa muito irritante, desinteressante e desprezível. Não gosto de nada que as outras pessoas [que já tive algum contato fora da internet] gostam, as pessoas não gostam de nada do que eu gosto, não tenho nada que as outras pessoas têm e me sinto idiota por isso. Não uso redes sociais, não uso nada, me sinto completamente à parte do mundo em que vivemos.
Sempre vivi com a solidão, mas hoje em dia essa solidão tem ficado cada vez mais forte. Ela me corrompe por dentro, me destrói e mexe comigo de maneira que a maioria das pessoas nem faz ideia.
Acho que é a punição que eu mereço. A maioria das pessoas usa máscaras, a sociedade usa máscaras. Ninguém mostra o que realmente é e todo mundo só quer se encaixar dentro de algum grupo. Eu, que escolhi não usar nenhuma espécie de máscara, acabo tendo essa punição de viver totalmente sozinho(a).
Só que não sei até que ponto vale a pena aguentar a solidão, mas também não sei se vale a pena eu colocar uma máscara e entrar em algum grupo de amizades ou em alguma outra espécie de grupo - se bem que isso seria bem difícil para mim, já que sou bastante introvertido(a) e tenho sérias dificuldades para me relacionar e dialogar com alguém (nem sempre fui assim, acredito que isso seja um efeito consequente de ter ficado sozinho(a) por tanto tempo).
Honestamente, estou ficando cada vez mais carente. Alguns desejos [sociais, amorosos, sexuais, entre outros] que sempre tive estão gritando cada vez mais forte, a solidão tem me machucado cada vez mais.
Convivo com uma pessoa que me despreza, me xinga, me machuca e me odeia, e essa convivência está se tornando um fardo cada vez maior. Essa pessoa sou eu mesmo(a). Não sinto nada além de ódio pela minha pessoa. Queria sentir algo além disso.
Queria encontrar alguém para amar e para me amar. Tenho alguns pouquíssimos familiares que amo, mas me refiro à amor advindo de algum relacionamento como namoro, amizade ou algo assim.
Mas, se nem eu me amo, por que eu esperaria receber amor de qualquer outra pessoa? Acho que nós, seres humanos, somos assim. Somos animais sociais e precisamos do contato com outrem.
Só tenho 19 anos, mas sinto que não haveria problema algum se a minha vida acabasse agora mesmo, de forma precoce.
submitted by nao-sou-ninguem to desabafos [link] [comments]


2020.07.25 03:49 YouruName12 A menina que pegou todo meu grupo e a escola

olá leitores,turma,editores,Lubas,gatas,papelões e convidado a historia começa ano passado eu conheci uma garota chamada Parls(para censurar o nome) ela era legal curtia kpop, e free fire na época que conheci ela,ela namorava e eu fui dando sinais que gostava dela até q ela terminou com o namorado dela(que hj em dia é quase meu amigo) e eu apresentei os meus amigos para ela pior decisão,foi ai q a merda começou mesmo eu dando sinais q gostava dela ela estava dando sinais q gostava do meu MELHOR AMIGO (na época hj em dia ele só é amigo) e um dia ela pediu ele em namoro e ele disse não pq ele era "novo de mais para namorar" e então eu trouxa fui consolar ela e algum tempo depois eu pedi ela em namoro e ela aceitou e tudo bem até q ela me falou q já ficou com a escola inteira (escola inteira eu digo do primeiro ao quinto) e eu fiquei tipo ok e ela me disse q tinha depressão leve e tals oq eu fiquei com pena até que no final desse ano ela e meu amigo(o melhor amigo) ficaram uma call inteira numa call e eu ciumento atoa desconfiei achei q ela estava me "traindo" e então eu pedi para terminar e hj em dia ela esta com outro e eu zuando e chamando ela da palavra com P Essa foi minha historia e tchau : )
submitted by YouruName12 to TurmaFeira [link] [comments]


2020.07.23 21:54 lylipoppy Ninguém imagina a tortura que estou passando

Tem mais ou menos um mês que minha avó me colocou pra fora de casa, e depois que isso aconteceu tive que me virar nos 30 e procurar um lugar pra morar recebendo uma miséria. Mas depois que isso aconteceu a minha vida virou um verdadeiro inferno.
Minha avó está me perturbando demais, quando sai levei comigo minha cachorrinha, e ela é o único vínculo que temos. Mesmo depois que sai de casa eu continuei levando minha cachorrinha para a casa dela por que ela gosta muito do animal e eu com pena levava. Até que um dia ela teve um surto de raiva do nada e meu irmão disse para não levar a cadelinha mais lá.
Até aí tudo bem, comecei deixar a cachorrinha em casa quando ia trabalhar e foi a partir disse que tudo piorou. Ela começou a mandar mensagem e ligar querendo a chave da minha casa para entrar lá pra pegar a cadelinha, como ela sempre quer ter o controle de tudo obviamente não entreguei a chave, pois a casa é minha e ela tem um mau costume de mexer em tudo que é particular dos outros.
Meu irmão me ligou me ameaçando dizendo que iria vir no meu trabalho pegar a chave pra entrar lá, e seria melhor eu dar caso contrário ele iria me fazer passar vergonha, fiquei com medo pois ele já me bateu uma vez. Liguei então pra minha mãe e disse o que tava acontecendo, ela disse pra mim entregar a chave, mas fui firme e disse que não deixaria isso acontecer.
Pedi meu chefe para sair para resolver um probleminha e fui então pegar a cachorra e levar na casa da minha avó, disse no portão pra ela que ela não iria mandar na MINHA CASA, pois ela não paga nada lá.
A tarde ela teve outro surto de ódio e disse que não queria mais a cachorra na casa dela. No outro dia continuei deixando a bichinha em casa, e minha avó tornou a me infernizar mandando uma vizinha minha gravar o cachorro latindo (pois ela nunca ficou sozinha e tá tendo que acostumar agora), então ela me ligou dizendo que iria me denunciar por abandono de animais, wtf é um cachorro dentro de casa com água e comida, mas mesmo assim ela quer me denunciar por esse fato absurdo.
No telefone ela começou a dizer que ia chamar a polícia, que eu era uma PUTA, uma VAGABUNDA e que eu sai de casa pra “dormir com homem” sendo que tem 5 anos que namoro, me chamou de piranha e ficava o tempo todo repetindo que eu era uma cachorra.
Isso tudo é uma confusao muito idiota, eu sei, mas ela tá surtada e não aceita ajuda médica, ela também disse que vai se enforcar mas já deixou uma carta escrita dizendo que eu sou a culpada dela ter se matado. Eu não aguento mais, eu não faço ABSOLUTAMENTE NADA, quem me conhece sabe que ela tá completamente doida, surtada... sem contar que quando fui levar a cachorra na casa dela ela me ameaçou com uma faca, atoa... sem razão.
Isso tá uma tortura, esta atrapalhando no meu emprego e na minha vida, mesmo eu longe dela, morando longe dela, ela consegue controlar a minha vida e fazer com que eu deseje arduamente minha morte... eu sei que ninguém vai entender o que to passando até porque contei a situação resumidamente, mas não tenho mais forças pra lidar com ela. E não adianta cortar ligaçoes e parar de atender ou de ir lá, ela coloca terceiros no meio da história, gente que eu nem conheço vem no meu serviço a mando dela...
Sei lá... não sei até quando eu vou aguentar isso, achei que saindo de casa as coisas iriam melhorar, mas me enganei.
submitted by lylipoppy to desabafos [link] [comments]


2020.07.21 22:16 Noah_Bubbles O ex Famoso

ent, estava no discord normalmente e encontrei um garoto, ele era fofo comigo e tals, dps eu fiquei em call privada com ele pra ele conversar comigo "melhor". Ent eu adicionei ele e conversamos, ate que ele disse pra eu ver a nossa conversa... e estava lá o pedido de namoro eu fiquei tipo "QUE MERDA E ESSA" pq eu so lesbica e bem e dificil dizer não, ent aceitei por pena ne, com 1 hora de namoro ele ja me perguntava se iamos ficar juntos para sempre eu disse meio sem graça que sim mas eu sentia que não, bem no dia seguinte acordei com muitas menssagens dizendo que me amava itals dps quando eu fui jogar mine ele me ligou e me contou que os pais deles deixavam nós nos casarmos, bem o pior eque... EU TINHA 11 ANOS E ELE 13, eu disse que somos novos e ele insistiu ate que eu cansei e foi tomar banho... cheguei do banho e meu celular tava travando e adivinhem...ELE MANDOU 1K DE MENSSAGENS NA PORRA DO DISCORD! ai dps de eu disse que n dava mais e eu terminei com ele, dps ele disse que eu era uma ingrata filha da put\ e n lhe merecia ent eu disse que tava nem ai e dps ele me deu blok e fim da historia bjs*
submitted by Noah_Bubbles to u/Noah_Bubbles [link] [comments]


2020.07.20 21:47 Galaxy_Galaxya FUI BABACA DE TER NAMORADO UM CARA POR PENA?

Olá turma, lubixco, editores, gatas, vírus, e etc, bom a minha história aconteceu no ano passado, eu tinha acabado de comprar um gold do Xbox (pra quem n sabe esse gold permite vc fazer diversas coisas inclusive jogar online) ent criei um mundo no Minecraft e do nada um cara apareceu, ele se apresentou a mim, eu me apresentei a ele é viramos amigos, tempos dps ele foi me apresentando aos amigos, e o garoto q eu "namorei" era um deles, vamos chama-lo de zars, zars é/era um garoto mt legal, divertido e fofo, mas eu gostava dele apenas como amigo, meses dps ele falou q gostava de mim, ent me pediu em namoro, de princípio eu falei não, mas aí ele começou a chorar e fiquei com pena ent aceitei, ent ficamos nesse web namoro até a metade do ano, em junho eu tava começando a gostar de um menino que fazia aula de Coral cmg, ent eu decidi terminar com o Zars, mandei mensagem dizendo q queria terminar, quando ele perguntou o porque, eu falei q só namorei porque fiquei com pena dele, e foi aí q ele ficou puto da vida, me chamou de todos os nomes possíveis como filha da puta, vadia, e etc, ent eu fiquei puta tbm e mandei ele pra casa do caralho e falei pra ele nunca mais falar cmg, aí eu bloqueie ele, 5 minutos dps ele me chamo em outra rede social pedindo desculpas, aceitei pq sou uma pessoa boa, hj somos amigos, mas é mt raro agente se falar.
E ent turma eu fui a babaca?
submitted by Galaxy_Galaxya to TurmaFeira [link] [comments]


Vale a Pena Ver Direito mostra pérolas do quadro Vai Dar ... Namoro a Distância VALE a PENA? - Casal Austrália ELA ACABOU DE TERMINAR O NAMORO, VALE A PENA INVESTIR? Vale a Pena Ver Direito /Quadro Vai Dar Namoro c/ Rodrigo ... NAMORO - PAPO JOVEM Namoro a Distância Vale a Pena? // Motivos para NÃO namorar MC Jottapê, MC Kekel e Kevinho - Eterna Sacanagem ... NAMORO A DISTANCIA, VALE A PENA? feat BARBARA BENEVIDES ... Par Perfeito - Vale a pena entrar?

Violência no Namoro - Como Prever? - WeCareOn

  1. Vale a Pena Ver Direito mostra pérolas do quadro Vai Dar ...
  2. Namoro a Distância VALE a PENA? - Casal Austrália
  3. ELA ACABOU DE TERMINAR O NAMORO, VALE A PENA INVESTIR?
  4. Vale a Pena Ver Direito /Quadro Vai Dar Namoro c/ Rodrigo ...
  5. NAMORO - PAPO JOVEM
  6. Namoro a Distância Vale a Pena?
  7. // Motivos para NÃO namorar
  8. MC Jottapê, MC Kekel e Kevinho - Eterna Sacanagem ...
  9. NAMORO A DISTANCIA, VALE A PENA? feat BARBARA BENEVIDES ...
  10. Par Perfeito - Vale a pena entrar?

Salve galera!!! estamos iniciando uma nova fase nesse game da vida, saímos do live action e dos culto Conexão Jovem para plataforma online. Então conheça o PAPO JOVEM. Nossa roda de conversa ... Nem precisa dizer nada, né? É hit ou não é? Confira 'Eterna Sacanagem' do MC Jottapê, MC Kekel, e Kevinho no Canal KondZilla. Check out the amazing music vid... NAMORO NA ADOLESCÊNCIA: vale a pena ou não? - Duration: 8:24. El Hombre 8,825 views. 8:24. 4 motivos que um namoro não dá certo - Duration: 3:21. Projeto Luz e Vida 554,956 views. Vale a Pena Ver Direito no quadro Vai Dar Namoro c/ Rodrigo Faro Legendários 21/04/0212 - Vale a Pena Ver Direito 21/04/2012 The most important lesson from 83,000 brain scans Daniel Amen TEDxOrangeCoast - Duration: 14:37. TEDx Talks 13,456,057 views Neste video falo para vocês se o namoro a distancia vale a pena, alguns mitos e algumas verdades sobre namorar a distancia e ainda como fazer para o relacionamento dar certo. Mion foi buscar alguns momentos engraçados no programa O Melhor do Brasil, e Rodrigo Faro não escapou. Divirta-se!Veja também:Vale a Pena Ver Direito mostra ... Muitas pessoas tem essa mesmo dúvida se namoro a distância vale a pena, e nós temos algumas regrinhas para que seja possível isso acabar bem... Assista! #coachderelacionamento # ... Em www.qualsitedeencontros.com.br você pode encontrar todas as informações sobre sites de namoro/relacionamento. Avaliações e experiências de usuários e varias outras dicas. Buscas Fala pessoal beleza, nesse vídeo eu trouxe minha namorada para gravarmos um vídeo sobre as dificuldades que a gente enfrente no nosso namoro a distancia e fa...